FILOSOFIA PROFISSIONAL

SOBRE A MILWARD ARQUITETURA

A MILWARD ARQUITETURA atua de forma integrada, com equipe técnica multidisciplinar, unindo a Arquitetura de Edificações, Arquitetura de Interiores, Arquitetura Paisagística, Conforto Ambiental (iluminação natural e artificial, insolação, ventilação natural e artificial, tratamento acústico e ergonomia) e Urbanismo no processo de concepção projetual e execução de obras autorais residenciais e de escritórios, na realização de vistoria e relatório técnico de habitabilidade, sustentabilidade e segurança.

 

SOBRE FELIPE MILWARD

Felipe Milward, arquiteto e urbanista, apaixonado por arranha-céus, terminais de transportes, edifícios sustentáveis, artes, cultura, fotografia e música. Sou bacharelado pela Universidade Vila Velha, desde 2013 e atualmente sou pós-graduando latu sensu em MBA de Infraestrutura de Transportes e Rodovias, pelo IPOG.

Através de minha construção como indivíduo, sempre acreditei que as partes de um todo devem estar coesas e não devem caminhar sozinhas. Assim sendo, para uma cidade funcionar adequadamente, tenho que ter o conhecimento social, cultural, ambiental, geográfico e econômico para elaborar e executar projetos e serviços de arquitetura e em suas áreas correlatadas de forma congruente e assertiva para atingir de fato o propósito.

Em minha relação para com o outro, seja ele o usuário ou o cliente, minha proposta é ouvir, observar com atenção para compreender o que anseiam e me comunicar de forma simples e clara.

Trabalho com parcerias técnicas multidisciplinares que atuam no ramo da construção civil e ambiental para garantir que todos os itens norteadores de serviços e projetos estejam funcionais e coesos.

Defendo uma arquitetura democrática, acessível e verdadeira. Sendo assim, construí a MILWARD ARQUITETURA conecta e fortalece as relações entre a arquitetura, o meio e os indivíduos, de forma a catalisar as transformações na sociedade através da construção de espaços edificados e de emoções que inspiram viver intensamente.

 
4.png

“Quanto a ser arquiteto e urbanista, sinto-me responsável em fortalecer meu papel como promulgador de ordem através do planejamento e gestão arquitetônica e urbana e a (re)qualificação do espaço físico edificado e natural, visando garantir o desenvolvimento sustentável das cidades e a valorização da sociedade como entidade diversa e democrática.”

 

FORMAÇÃO ACADÊMICA

GRADUAÇÃO

  • Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo, pela Universidade Vila Velha (2008 – 2013)

 

PÓS-GRADUAÇÃO

  • MBA em Infraestrutura de Transportes e Rodovias, pelo IPOG (2020 – 2021)

 

CURSOS EaD DE CURTA DURAÇÃO

  • Comunicação e Redes Sociais, pelo IPOG (2020)

  • Empreendedorismo, pelo IPOG (2020)

  • Execução e Gestão por Prioridades, pelo IPOG (2020)

  • Finanças Pessoais e Comportamentais, pelo IPOG (2020)

  • Liderança e Ferramentas de Coaching, pelo IPOG (2020)

  • Metodologia Didático-Pedagógica na Formação de Docentes, pelo IPOG (2020)

  • Noções de Direito Empresarial, pelo IPOG (2020)

  • Produção de Trabalhos Acadêmicos, pelo IPOG (2020)

 

PRINCIPAIS PALESTRAS, SEMINÁRIOS E OFICINAS ASSISTIDOS

  • “Uma Perspectiva Sobre Neuroarquitetura” (2020);

  • “Neuroarquitetura: Método Sensory” (2020);

  • “Neurociência e Comportamento: O Papel das Emoções na Tomada de Decisão” (2020);

  • “Exercício Prático de Neurociência Comportamental” (2020);

  • “Exercício Prático de Proporção Áurea” (2020);

  • “Transporte do Futuro: Pensar para Transformar” (2020);

  • “O Futuro da Mobilidade no Pós-Pandemia - Função Social do Espaço Público” (2020);

  • “O Futuro da Mobilidade no Pós-Pandemia - Mobilidade Ativa e Gênero” (2020);

  • “O Futuro da Mobilidade no Pós-Pandemia - Mobilidade e Tecnologia: Diretrizes Regulatórias para o Incentivo à Tecnologia no Setor” (2020);

  • “O Futuro da Mobilidade no Pós-Pandemia: Mobilidade e Planejamento Territorial” (2020);

  • “Patrimônio Cultural e Desenvolvimento Urbano: Atuação Jurídica na Política Urbana” (2020);

  • “Cidade para Pessoas: o Desenho Urbano como Elemento Transfigurador da Paisagem” (2020);

  • “Equipamentos Travessia: Infraestrutura no Espaço Perimetropolitano” (2020);

  • “Projeto São Pelegrino: As Cidades Numa Era de Pandemias” (2020);

  • "O Direito das Favelas" (2020);

  • “Projetos Paisagísticos: Concepção e Perspectivas” (2020);

  • “Jornada Internacional do Paisagismo Multidisciplinar: Possíveis Ramos para um Paisagismo Multidisciplinar” (2020);

  • “Jornada Internacional do Paisagismo Multidisciplinar: Desafios Ambientais na Paisagem e a Contribuição do Paisagismo” (2020);

  • “Jornada Internacional do Paisagismo Multidisciplinar: Saber Dialogar com a Paisagem” (2020);

  • “Paisagismo para Ambientes Internos” (2020);

  • “1º Seminário Brasileiro de Arquitetura & Inovação” (2020);

  • “Trabalho Remoto na Arquitetura e Urbanismo: Grandes Projetos” (2020);

  • “O Futuro da Morada 60 +: Tecnologia, Design e Inclusão” (2020);

  • “Iluminação Conectada Aplicada em Ambientes Corporativos e Residenciais” (2020);

  • “VivênciaAI: Arquitetura Singular” (2020);

  • “Vivência da Arquitetura e do Design Finlandês” (2020);

  • “Arquitetura de Interiores em Espaços de Saúde” (2020);

  • “Arquitetura de Interiores e Seus Desafios” (2020);

  • “Residir, Trabalhar e Recrear-se no Condomínio: Novos Desafios em Novos Tempos" (2020);

  • “Bem-Estar, Saúde e Conforto em Edifícios Sustentáveis” (2020);

  • “A Influência Africana na Arquitetura e Urbanismo” (2020);

  • “Poluição Atmosférica - Impactos no Meio Ambiente e na Saúde Humana” (2020);

  • “Sustentabilidade na Política” (2020);

  • “Descomplique: A Inteligência Emocional nos Negócios” (2020);

  • “Mindfullness e o Futuro do Trabalho” (2020);

  • “ Futuro das Buscas: Porque o SEO Continuará Crucial para os Próximos Anos” (2020);

  • “Desconstruindo o TCC na Arquitetura” (2020);

  • “A Importância da Diversidade nas Organizações” (2020);

  • “Privatização dos Portos – A Nova Modelagem Portuária” (2020);

  • “BR do Mar - Os Impactos da PL 4199/2020 nos Portos” (2020);

  • “A Operação da Maior Ferrovia Heavy Haul do País: A Estrada de Ferro Carajás” (2020);

  • “Ferrogrão: A Ferrovia que Pode Mudar o Rumo do Brasil” (2020);

  • “Futuro dos Projetos Ferroviários no Brasil: Técnica e Perspectivas” (2020);

  • “Orçamento e Licitações para Projetos de Infraestrutura de Transportes” (2020);

  • “Elas Falam Sobre Infraestrutura: Comissão de Direito de Infraestrutura da OAB-MG” (2020);

  • “Aprimora +: A Importância da Infraestrutura e da Engenharia para o Brasil” (2020);

  • “Soluções de Descarte da Construção Civil” (2020);

  • “4º Encontro de Engenharia e Arquitetura com Projetos do PMI-SE” (2020);

  • “Paving Expo Virtual 2020” (2020);

  • “Os Avanço das Soluções para Mapeamento Topográfico” (2020);

  • “Drones: Aspectos Jurídicos de sua Operação e Evolução da Utilização no Brasil” e “Utilização Comercial de Drones no brasil: Responsabilidade Civil, Seguros e Tributação” (2020);

  • “Soluções para Infraestrutura com Gabiões e Geossintéticos” (2020);

  • “A Importância da Atualização dos Dispositivos de Drenagem em Rodovias Existentes” (2020);

  • “Emprego de Ligantes Asfálticos Modificados e Misturas Asfálticas Especiais” (2020);

  • “A Importância da Tecnologia da Informação na Gestão dos Processos Logísticos” (2020);

  • “Aerotalks: Voar É Seguro? A Aviação e o Enfrentamento da Pandemia” (2020);

  • “Impactos do Covid-19 no Transporte Aéreo - Aspectos Jurídicos” (2020);

  • “Arquitetura Aeroportuária: Projeto Arquitetônico do Novo Aeroporto de Vitória“  e “Arquitetura Aeroportuária: Gerenciamento de Obras do Novo Aeroporto de Vitória“ (2018);

  • “Seminário Pesquisa e Extensão da Pós à Graduação” (2018);

  • “Seminário Novos Olhares para o Planejamento Metropolitano da Grande Vitória” (2017);

  • “Bioarquitetura e Suas Histórias” (2012);

  • “Habitação Coletiva na Cidade: Contribuições de Potencial Humanizador e Mais Sustentável” (2012);

  • “Inclusão do Bambu para o Desenvolvimento Sustentável e para Edificações Sustentáveis” (2012);

  • “Seminário de Sustentabilidade: Desafios e Oportunidades” (2012);

  • “CAU: o Novo Conselho de Arquitetura e Urbanismo” (2011);

  • “Urbanismo e Políticas Públicas” (2010);

  • “Retrospectivas de uma Profissão” (2010);

  • “Sustentabilidade” (2010);

  • “Arquitetura Inconstitucional” (2009);

  • “Do Material ao Design” (2008);

  • “Prêmio IAB-ES - Arquitetura Capixaba” (2008);

  • “Produção da Arquitetura Capixaba” (2008);

  • “Arquitetura e Urbanismo” (2008).

EXTENSÕES ACADÊMICAS

  • X Jornada Científica da Universidade Vila Velha, com o tema “Relação Cidade x Água: Intervenção no Canal de Camburi” (2012);

  • “Workshop – Música: Experiência e Vida”, com George Israel (2009).

 

EXTENSÕES PRÉ-ACADÊMICAS

  • Modelo Intercolegial das Nações Unidas – MINIONU, em 2006, no comitê da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), representando Portugal;

  • Modelo Intercolegial das Nações Unidas – MINIONU, em 2005, no comitê do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), representando El Salvador;

  • Participação do Projeto em Economia Pessoal, da Junior Achievement (2004).

 

FORMAÇÕES EXTRACURRICULARES

  • Terapeuta Ayurvédico (2015)

  • Terapeuta Reikiano (2014)

  • Terapeuta em Apometria Quântica (2014)

LEGALIDADE E ÉTICA PROFISSIONAL

Todo serviço e/ou projeto elaborado prossegue o cumprimento de cunho ético e legal (perante à cidade, ao Estado – quanto ao órgão público fiscalizador e promulgador da ordem -, ao meio ambiente e ao cidadão). Acredito na filosofia de que os interesses coletivos sobressaem-se aos individuais. Dessa forma, destaco os principais itens referentes à ação dos meus serviços:

  • Todo projeto e serviço é concebido respeitando às normas e leis federais, estaduais e municipais que regem tópicos, entre outros, da construção civil (Código de Obras Municipal), do urbanismo (Plano Diretor Municipal), do meio ambiente e do corpo de bombeiros. Assim sendo, essas condições não podem ser alteradas ou atropeladas;

  • Toda cidade e propriedade privada deve exercer sua Função Social, conforme determina o Art. 5º da Constituição Federal de 1988;

  • Toda a formulação projetual respeita a ordem, as informações técnicas e os detalhamentos normatizados pelas respectivas NBRs;

  • Em hipótese alguma, realizo ou permito alterações em projetos, serviços e obras que infrinjam às leis em vigor, assim como em laudos técnicos, desenhos técnicos, maquetes eletrônicas ou arquivos de publicação que não condizem com a realidade apresentada;

  • Toda obra somente é iniciada após o cumprimento legal dos quesitos referentes à tal;

  • Desenvolvo todos os projetos de acordo com as especificações preliminares do contratante e do Programa de Necessidades, definidas pelas etapas e prazos apresentados na Proposta e firmadas no Contrato de Prestação de Serviços;

  • Não assino qualquer tipo de documentação assumindo a responsabilidade técnica por profissionais terceiros, igualmente aos serviços elaborados ou exigidos no qual eu não estiver de acordo;

  • Para todos os serviços há a emissão do Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU), no qual garante legalmente que o profissional está apto a exercer a profissão;

  • Todo projeto elaborado é considerado propriedade intelectual de titularidade exclusiva do contratado, dessa forma, o contratante deve respeitar os seus termos, abstendo-se de reproduzi-los ou modificá-los sem autorização prévia, por escrito do contratado, conforme Lei 5.194/66 e Lei 9.610/98.

 
 

PARCERIAS

Quer ser um parceiro da MILWARD ARQUITETURA?

Então entre em contato clicando no botão abaixo:

Desenvolvido por Felipe Milward  © 2020    |    Todos os direitos reservados.